2019-12-02

A invenção do discurso homossexual em terras lusas no séc. XIX

http://www.indexebooks.com/versos_fanchonos.html
A INDEX ebooks orgulha-se de anunciar a publicação da antologia Versos Fanchonos, Prosa Fressureira: uma antologia (1860-1910), com organização, introdução e notas do professor Fernando Curopos, da Sorbonne Université, Paris, onde tem pesquisado sobre questões de género, sexualidade e assuntos queer na literatura portuguesa finissecular, modernista e contemporânea.

 O discurso literário, incluindo a sátira, também participou na “invenção do homossexual” em terras lusas no final do século XIX, acompanhando o discurso médico e a construção da legislação condenando os atos “contra natura”. Os textos antologiados não somente ilustram a cultura homossexual masculina na Lisboa da época, como também são uma resposta satírica e obscena à mesma, com uma dimensão anticlerical, muito ao gosto dos republicanos.

Embora a poesia satírica do período pouco se tenha interessado pela homossexualidade feminina, sinal da sua invisibilidade social em Portugal e do rigor do regime patriarcal, a lésbica não deixa de constituir uma fonte inesgotável para as fantasias eróticas masculinas heterossexuais, fantasias visíveis no sem fim de contos, romances e novelas publicados na época e de que são dados, nesta antologia, alguns exemplos.

Clique aqui para mais informações.

2019-11-26

Tom Cardamone sobre "O Corredor de Fundo"

 
"No ano do bicentenário da América, em 1976, o meu segundo ano de faculdade, e 10 anos após a publicação de A Queer Kind of Death, foi publicado o livro O Corredor de Fundo (The Front-Runner), de Patricia Nell Warren. Como muitos dos meus amigos da recém-fundada União de Estudantes Gays da UCLA, eu li, reli e voltei a reler o romance de estreia da Sra. Warren, discuti-o ad nauseum, carreguei-o comigo e citei-o bezes sem conta (...) À sua maneira, O Corredor de Fundo (a história de um jovem campeão gay de atletismo e do seu amante, um pouco mais velho, e treinador) era tanto uma história romântica como The Lord Won't Mind e tão clássico como A Cidade e o Pilar ou Giovanni's Room: e o seu belo protagonista gay também morria no final. Mas para mim e para os meus amigos, o retrato que a Sra. Warren fazia da vida, do amor e do sexo gay, parecia-nos tão fiel à realidade (ela parecia saber tanto sobre como nós, os gays de meados da década de 1970, nos vestíamos, nos engatávamos uns aos outros, e até mesmo como dançávamos em lugares do submundo) que havia rumores de que Patricia Nell Warren seria, na realidade, um homem gay a escrever sob pseudónimo."

The Lost Library: Gay Fiction Rediscovered by Tom Cardamone, Michael Graves, et al. (ler aqui)

Mais informações sobre O Corredor de Fundo, de Patricia Nell Warren, na primeira e única edição em português, da INDEX ebooks, aqui.

2019-10-31

Miguel Botelho (1962-2019)

É com profundo pesar que comunicamos o desaparecimento de uma pessoa boa, que nos deu a honra de ser nosso amigo e de nos deixar publicar os seus livros.

O Miguel esteve connosco desde o primeiro momento. A sua capacidade de lutar contra a adversidade, a sua enorme resiliência e o seu entusiasmo inesgotável pelos livros e pela leitura foram um estímulo inestimável para o arranque da INDEX ebooks.

É para nós motivo de orgulho saber que, através dos seus livros, podemos dar um pequeno contributo para que a memória do Miguel continue viva entre nós e junto daqueles que não tiveram o gosto de com ele privar.

http://www.indexebooks.com/miguel-botelho.html
O Miguel foi um leitor ávido, escritor inteligente e compulsivo, e crítico literário apurado. Segundo dizia de si próprio: "nasci no ano em que os Beatles gravaram Love Me Do, o que marcaria radicalmente a minha vida. Vivo em Coimbra, mas habituei-me à contrariedade. Procrastino por vocação e sirvo o estado provocação. Escrevo histórias vagas nas horas curtas."

Publicou Ilha: Narrativa, em prosa e em verso, de uma viagem de regresso (edição de autor, 2013) e, já na INDEX ebooks, Elvis sobre a Baía de Guanabara e outras histórias (2013), Fados (2014), Estação Seca (2015), Alma e Outras Mulheres (2017), Dezasseis Poemas de Amor Ausência e Despedida (2017) e Manchester e Outras Histórias (2018).