2018-10-20

Sabia que “O Bispo de Beja” era sodomita?

E que Eça de Queirós retratou personagens queer em vários dos seus romances mais famosos? que se escreveram muitas canções de escárnio homofóbicas na Idade Média, mas também se descobriu uma canção de amor homossexual? que antes de Egas Moniz, já o médico Asdrúbal António de Aguiar, no séc. XIX, tinha publicado uma tese de medicina sobre a “inversão sexual”? que José Régio se inspirou no poeta António Botto para um dos personagens dos seus romances da série “A Velha Casa”? e que “O Berloque Vermelho”, de António Silva Pinto, foi provavelmente a primeira obra de ficção portuguesa a abordar o amor erótico homossexual, em 1875?

Poderá encontrar estas e outras informações surpreendentes na 6.ª edição do Dicionário de Literatura LGBTQ+ de Portugal, uma obra de referência inédita e indispensável, que já soma 626 verbetes (mais 178 que na edição anterior), para das letras “A” a “R”.

Clique aqui ou na imagem para saber mais.

Sem comentários:

Publicar um comentário